Se você é solteiro, o motivo pode ser sua inteligência, entenda!

São muitos os motivos para as pessoas serem solteiras. Muitas vezes não estejam interessados ​​em relacionamentos sérios ou apenas não encontraram a pessoa certa para suas vidas, mas em alguns casos, as pessoas podem se manterem solteiras porque são inteligentes.

Você deve estar se perguntando, como a inteligência está vinculada com o status do relacionamento de uma pessoa? Por mais estranho que isso possa parecer, vamos explicar os motivos abaixo!

Pessoas muito inteligentes pensam de maneira diferentes das outras, não são influenciadas pelos mesmos motivos que pessoas “normais”. Listamos os motivos pelas quais pessoas inteligentes tendem a se manterem solteiras por longos períodos.

A combinação intelectual é difícil

Para ter um vínculo intelectual, os parceiros precisam compartilhar do mesmo pensamento e inteligência. Ambos devem ter igualdade na capacidade intelectual e nível emocional, e pessoas inteligentes por saberem do que esperar da cara metade, levam muito tempo avaliando o outro, já que eles não tem muita pressa para desencontros e nunca estão afim de complicarem suas vidas com a “pessoa errada”. Basicamente são bem pacientes na busca de sua cara metade.

Pessoas inteligentes se cansam com facilidade

Por terem grande capacidade de entendimento até mesmo de questões complexas, pessoas inteligentes precisam constantemente de estímulo mental, e tendem a passar de assunto para assunto com muita facilidade, isso exige do parceiro que procuram, no mínimo, a mesma capacidade de se envolver em conversas que exigem um certo conhecimento e aptidão mental, o que não é tão simples de conseguir encontrar.

Analise crítica e emocional

É muito difícil mentir e enganar uma pessoa inteligente. Eles possuem a capacidade de analisar as pessoas e, portanto, são capazes de entender as emoções e os sentimentos dos outros. Entendendo as intenções dos outros, sabem que só poderão ser felizes se forem com pessoas honestas e confiáveis, o que torna a tarefa de encontrar o par perfeito algo dificultoso.

Seletivo! Pessoas inteligentes se conhecem

Por terem alto entendimento sobre diversos assuntos e sobre si próprio, sabem o que gostam e o que não gostam. São altamente seletivos e fazem uma analise minuciosa na pessoa pretendida antes de se envolver emocionalmente. Mas não fazem isso por se acharem melhores ou orgulhosos, eles evitam ao máximo complicações na vida.

De certo modo, possuem gostos diferentes dos outros, podem até serem chamados de estranhos, esquisitos, em seu modo de vida. Isso também é um fator que complica a vida a dois, fator que exige uma grande capacidade de adaptação do pretendido parceiro.

O fardo de ser inteligente

Geralmente, pessoas dotadas de inteligência acima da média sempre estão ocupadas com alguma coisa. Estão sempre estudando, participando de fóruns, ocupados criando ou inventando alguma coisa, para extravasar suas ideias. E para o parceiro dessa pessoa haverá um sentimento de “deixado em segundo plano”, algo que em casal eles devem trabalhar, alinhando os interesses e expectativas. Fator difícil de ser aceito e complicado de ser gerenciado.