Políticas agrícolas

  • Categoria: Política
  • 941 Visualizações

O Brasil tem uma série de políticas agrícolas que visam incentivar o setor e estabelecer o planejamento, financiamento e a segurança da produção de alimentos no país. Todas essas ações têm como base a Política Agrícola do Ministério da Agricultura, responsável por determinar a gestão de risco, as linhas de créditos, as subvenções econômicas e os levantamentos de dados sobre o setor agrícola.

O governo também tem programas de apoio à agricultura familiar. O respaldo para o agricultor acontece desde o momento do cultivo até a comercialização da sua produção.

Para evitar prejuízos para o setor, o Brasil também adota ferramentas tecnológicas que indicam o melhor período para o plantio em cada região do País a partir da observação do comportamento climático histórico. Outra iniciativa de política agrícola é o Seguro Rural, que pode ser contratado pelo produtor e que oferece um valor em dinheiro subsidiado pelo ministério.

Entre as políticas de mobilização de recursos para os ciclos do plantio, as políticas agrícolas garantem linhas de crédito para custeio, investimento, comercialização, compra de insumos e até para a construção de armazéns.

A política agrícola brasileira é trabalhada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério da Fazenda, Ministério do Planejamento e Ministério do Meio Ambiente.

É importante que o governo se mantenha atento ao setor, pois o agronegócio é expressivo para os resultados positivos da economia brasileira, respondendo por cerca de 24% do Produto Interno Bruto (PIB). Para manter o setor em plena produção, os agricultores precisam do crédito rural para financiamentos de insumos, custos que são consignados pelo Plano Safra.

O setor agrícola é extremamente importante para a garantia da segurança alimentar da população brasileira. É por isso que o Plano Safra se preocupa em realizar a expansão do crédito rural em todas as regiões do país.

Assuntos Similares

Comentários: