Marechal Rondon

  • Categoria: Educação
  • 747 Visualizações

Cândido Mariano da Silva Rondon, conhecido como Marechal Rondon, nasceu no dia 5 de maio de 1865, em Mimoso, no Mato Grosso. Ele foi reconhecido como o Patrono das Comunicações no Brasil.

Formado em engenharia, o Marechal Rondon atuou como professor de Matemática e de Ciências Físicas e Naturais. Ele também se destacou como indigenista e antropólogo.

Militar e sertanista brasileiro, Rondon foi o criador do Parque Nacional do Xingu. Ele dedicou grandes esforços à proteção do índio brasileiro, atuando como Diretor do Serviço de Proteção ao Índio.

Outro marco da vida de Rondon foi a Comissão Construtora de Linhas Telegráficas, que expandiu os telégrafos no Brasil. Com importante atuação na demarcação de terras indígenas, Marechal Rondon foi considerado um homem justo e de paz.

A vida de Marechal Rondon

Rondon era filho de Cândido Mariano e Claudina Lucas Evangelista. Estudou na Escola Militar do Rio de Janeiro.

Marechal Rondon dedicou 40 anos de sua vida a percorrer o sertão brasileiro. Suas expedições foram essenciais para o progresso do país, sendo ele o responsável por implantar o primeiro sistema de telecomunicações do Brasil, interligando o país de norte a sul.

Entre 1934 e 1938, Rondon participou da missão que culminou com a assinatura do Pacto de Amizade e Cooperação, que restabeleceu a paz entre Peru e Colômbia. O marechal também lutou pelos direitos dos povos das florestas brasileiras.

Rondon foi indicado duas vezes ao Prêmio Nobel da Paz. Ele foi considerado pela Sociedade de Geografia de Nova York como um dos cinco maiores exploradores do planeta.

Marechal Rondon morreu no dia 19 de janeiro de 1958, no Rio de Janeiro. Ele marcou seu nome na história nacional como o Marechal da Paz.

Assuntos Similares

Comentários: