História da Educação Brasileira

  • Categoria: Educação
  • 1838 Visualizações

A história da educação no Brasil começou no período da colonização portuguesa. Os primeiros ensinamentos foram transmitidos aos índios pelos padres jesuítas, mas a educação formal foi iniciada pelo portugueses no padrão europeu.

A educação no Brasil foi impulsionada primeiramente por ações de Dom João III e da Companhia de Jesus, uma ordem missionária católica que focou seus esforços educacionais para os indígenas. Apenas em 1759, o país passou a ter um ensino laico e público. Em 1772, aconteceu a implantação do ensino público oficial no Brasil.

O sistema de educação do país avançou lentamente. O Ministério da Educação, por exemplo, só foi criado em 1930, no governo de Getúlio Vargas. Em 1932, intelectuais brasileiros se reuniram para elaborar um programa de política educacional, entre eles estavam Fernando de Azevedo e Anísio Teixeira.

Em 1934, a nova Constituição Federal estabeleceu que a educação deveria ser vista como um direito de todos. Entre os anos de 1934 e 1945, o Brasil passou por uma reforma dos ensinos secundário e universitário.

Em 1953, nasce o MEC - Ministério da Educação e Cultura. Depois da aprovação da primeira Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), em 1961, estados e municípios passaram a ter autonomia para tocar seus sistemas de ensino.

Em 1971, com uma nova LDB, o ensino passa a ser obrigatório dos 7 aos 14 anos. Em 1996, o país alterou mais uma vez sua legislação para a inclusão da educação infantil (creches e pré-escola). Atualmente, a educação básica, da creche ao ensino médio, conta com recursos federais. O governo brasileiro assumiu um compromisso de melhorar a educação pública até o ano de 2020.

Assuntos Similares

Comentários: