Doenças mais comuns que afetam a audição humana

  • Categoria: Saúde
  • 1383 Visualizações

Ouvidos zumbindo, dor de cabeça e cansaço extremo podem indicar problemas de audição. Existem diversas doenças que podem afetar a qualidade da audição humana, levando a uma perda progressiva da capacidade de ouvir quando o paciente não procura o tratamento adequado.

Os problemas auditivos podem ser resultado de uma exposição intensa e prolongada a sons muito altos durante a vida ou de um trauma específico. Dores e lesões do ouvido médio são os problemas mais comuns, além da ruptura da membrana timpânica.


Confira algumas doenças que afetam a audição:

Tumores do Nervo Auditivo – Tumores conhecidos como neuromas do acústico podem afetar a audição. Esse tipo de câncer costuma ser benigno, provocado pelo crescimento fibroso no nervo da audição. Sintomas comuns da doença são: perda da audição, problemas de equilíbrio e zumbidos.

Doença de Ménière – Conhecida como hidropisia endolinfática, esta doença se caracteriza por perda auditiva progressiva. O problema atinge o ouvido interno e também provoca vertigem e zumbidos no ouvido. É uma doença mais comum em pessoas na faixa etária dos 40 aos 50 anos de idade.

Otite Média – A famosa dor de ouvido é causada por infecções que recebem o nome de otite. A otite média atinge o ouvido médio, e pode ser causada por bactérias ou vírus. Crianças costumam sofrer mais com essa doença.

Acúmulo de Cera no Ouvido – O cerume acumulado no ouvido não é uma doença, mas pode comprometer a audição. A cera do ouvido é produzida pelas glândulas dos ouvidos com a função de proteger o canal auditivo externo. Porém, o excesso de cera precisa ser removido pelo médico.

Perda Auditiva no Idoso – A surdez do idoso é uma perda de audição natural, decorrente do envelhecimento. É uma doença caracterizada pela perda progressiva da audição.

Assuntos Similares

Comentários: